Sporting vence FC Porto e Benfica volta a liderar Nacional de hóquei em patins

O Sporting venceu hoje o FC Porto no Dragão Arena, no Porto, por 6-4, num jogo da 14.ª jornada do Nacional de hóquei em patins, e, assim, ‘entregou’ ao Benfica a liderança isolada da prova.

Sporting vence FC Porto e Benfica volta a liderar Nacional de hóquei em patins

Sporting vence FC Porto e Benfica volta a liderar Nacional de hóquei em patins

O Sporting venceu hoje o FC Porto no Dragão Arena, no Porto, por 6-4, num jogo da 14.ª jornada do Nacional de hóquei em patins, e, assim, ‘entregou’ ao Benfica a liderança isolada da prova.

O Benfica comanda novamente, agora com 36 pontos, o Sporting subiu ao segundo lugar, com 35, e o FC Porto, líder desde a ronda anterior, desceu para o terceiro posto, com 34.

Nolito Romero, que fez uma grande exibição, marcou os primeiros três golos do Sporting, Ferran Font os seguintes, o guarda-redes Ângelo Girão fez várias grandes defesas e isto somado explica, em boa parte, o triunfo leonino na casa portista.

Depois de ter recebido e vencido o então líder, Benfica, na quinta-feira passada (3-0), o FC Porto recebeu hoje o Sporting e deparou com um adversário disciplinado e que nunca se desuniu, apesar de ter estado três vezes em desvantagem. Alem disso, os ‘dragões’ desperdiçaram três livres diretos.

Gonçalo Alves abriu as hostilidades com um remate forte aos três minutos que Ângelo Girão defendeu e o Sporting respondeu no mesmo minuto com um remate perigoso ao lado, ficando assim dado o mote para o jogo.

O 1-0 chegou aos cinco minutos, num lance em que Telmo Pinto saiu com a bola para o ataque a alta velocidade e, só com um opositor pela frente, serviu Xavi Barroso, que fez um golo fácil.

O Sporting reagiu depressa e bem e no mesmo minuto empatou através de um remate potente e cruzado da esquerda do argentino Nolito Romero, que começou aí o seu espetáculo particular tanto na defesa como no ataque.

Ferran Font viu depois um cartão azul e o FC Porto adiantou-se outra vez no marcador por Carlo Di Benedetto, aos nove minutos, que desviou um remate forte de Gonçalo Alves e bateu Ângelo Girão.

As duas equipas entregaram-se ao jogo com intensidade, Henrique Magalhães falhou um golo aos 14 minutos e Nolito Romero acertou em cheio no travessão da baliza de Xavi Malián. Ezequiel fez igual logo a seguir na baliza contrária.

O FC Porto cometeu a décima falta aos 22 minutos e Nolito Romero aproveitou empatando a partida, mas a um minuto do intervalo Gonçalo Alves fez o 3-2, num lance em que Toni Perez facilitou e Ângelo Girão terá sido surpreendido.

A segunda parte correu mal ao FC Porto e o Sporting empatou novamente com um remate fortíssimo de Nolito Romero aos 29 minutos.

Os ‘leões’ fizeram a décima falta e Carlo Di Benedetto tentou a sua sorte, mas o atacante francês perdeu o ‘duelo’ com Ângelo Girão. Na resposta, o Sporting contra-atacou e Ferran Font marcou e virou o resultado (3-4).

Aos 36 e 37 minutos, Ângelo Girão fez duas grandes intervenções, sobretudo a segunda a desviar um ‘tiro’ de Gonçalo Alves, e a partir daí o Sporting procurou gerir o jogo e manter a bola o mais tempo possível.

Ferran Font aumentou a vantagem ‘leonina’ aos 43 minutos, de livre direito, e no minuto seguinte o Sporting esteve perto do sexto golo e o FC Porto, logo depois, perto de reduzir, mas os dois guarda-redes impuseram-se.

O FC Porto tentou pressionar mais à frente, mas o Sporting manteve-se seguro. Apesar disso, Matías Platero viu mais um cartão azul por falta sobre Carlo Di Benedetto, muito contestada, e o FC Porto beneficiou do segundo livre direto. Gonçalo Alves atirou para fora.

Numa saída em falso do Sporting para o ataque, a três minutos do fim, o FC Portou recuperou a bola antes do seu meio-campo e Ezequiel Mena, que tinha ficado para trás sozinho, bateu Ângelo Girão.

O FC Porto tentou tudo na busca da igualdade, arriscou e Ferran Font fez o 4-6 final na conclusão de uma jogada individual já com os ‘dragões’ menos pressionantes a nível defensivo.

Na próxima jornada, o Sporting recebe o Benfica.

 

Jogo no Dragão Arena, no Porto.

FC Porto — Sporting, 4-6.

Ao intervalo: 3-2

Marcadores:

1-0, Xavi Barroso, 05 minutos.

1-1, Nolito Romeiro, 05

2-1, Carlo Di Benedetto, 09

2-2, Nolito Romero, 22 (livre direto)

3-2, Gonçalo Alves, 24

3-3, Nolito Romero, 29

3-4, Ferran Font, 31

3-5, Ferran Font, 43 (livre direto)

4-5, Ezequiel Mena, 47

4-6, Ferran Font, 47

 

Sob a arbitragem de Pedro Figueiredo e Carlos Correia, as equipas alinharam:

– FC Porto: Xavi Malián, Xabi Barroso, Gonçalo Alves, Telmo Pinto e Carlo Di Benedetto. Jogaram ainda Rafa, Ezequiel Mena e Roc Pujadas.

Treinador: Ricardo Ares.

– Sporting: Ângelo Girão, Nolito Romero, Ferran Font, Matías Platero e Toni Perez. Jogaram ainda Alessandro Verona, Henrique Magalhães e João Souto.

Treinador: Alejandro Dominguez.

 

Assistência: 1.877 espetadores.

 

AYM // NFO

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS