Cristiano Ronaldo oferece casa a Judite Sousa

Foi numa entrevista pautada por muita emoção que Judite Sousa recorda a morte do filho, André Sousa Bessa, em junho de 2014 e o gesto que Cristiano Ronaldo teve com a jornalista na época da tragédia.

Cristiano Ronaldo oferece casa a Judite Sousa

Foi numa entrevista pautada por muita emoção que Judite Sousa recorda a morte do filho, André Sousa Bessa, em junho de 2014 e o gesto que Cristiano Ronaldo teve com a jornalista na época da tragédia.

Depois de um longo período de silêncio, Judite Sousa concedeu a primeira entrevista após ter revelado que estava de saída da CNN Portugal. A jornalista escolheu a SIC para a aguardada conversa e esteve à conversa com Júlia Pinheiro, com o motivo da conversa a ser o lançamento de Pedaços de Vida, livro em que Judite Sousa acaba de lançar e no qual aborda a morte do filho, André Sousa Bessa, em junho de 2014. Uma das confissões mais marcantes está relacionada com Cristiano Ronaldo.

Leia depois
Judite Sousa pressionada por Marcelo Rebelo de Sousa para regressar à TVI
Depois da morte do filho, Judite Sousa foi pressionada pelo Presidente da República. Esta é uma das revelações da jornalista da sua nova obra: Pedaços de Vida (… continue a ler aqui)

Numa conversa pautada por muita emoção, a jornalista confessou que não consegue esconder o momento em que recebe a notícia de que o filho estava em morte cerebral. Judite Sousa recebeu a chamada de um amigo de André às 4 da manhã a informar do acidente. “Pela voz, eu percebi que era algo grave”, começou por contar. “Telefonei ao pai do André. Chegámos os dois ao hospital e eu entro na urgência aos gritos, completamente descontrolada. E aparece-me um médico à minha frente e eu disse-lhe: ‘eu quero ver o meu filho’. Ele diz-me: ‘A senhora vai ver o seu filho mas o seu filho não tem sinais neurológicos’”, afirmou entre lágrimas.

“Obviamente eu percebi o que ele estava a dizer, que o meu filho estava em morte cerebral”, garantiu. “Eu todos os dias me levanto e deito a ver a figura daquele médico, que veio ao meu encontro e que me diz: ‘o seu filho não tem sinais neurológicos’. Todos os dias vejo aquele rosto”, afirmou.

Jornalista não esquece atitude de Cristiano Ronaldo

Uma outra história que Judite Sousa conta no seu livro foi quando Cristiano Ronaldo, pouco tempo depois da morte do filho da jornalista, lhe ofereceu casa. Tudo aconteceu quando a jornalista foi a Madrid entrevistá-lo. “No fim da entrevista, e não obstante a vida dele, disse-me: ‘Judite, se você quiser, venha para minha casa e fique o tempo que quiser. Se quiser ficar cinco meses, um ano… Tem tudo à sua disposição’”, contou. Na altura, Judite Sousa estava a sofrer muita pressão mediática por causa da morte do filho.  Um gesto do jogador português que emocionou a jornalista. “Ele não tinha necessidade de me fazer isto, eu nunca mais falei com ele”, disse.

Texto: Carolina Marques Dias; Fotos: Redes sociais

Impala Instagram


RELACIONADOS