Líder de Macau aponta para necessidade de resolver conflitos “profundamente arreigados”

Macau, China, 21 jan 2023 (Lusa) – O Chefe do Executivo de Macau disse hoje que o Governo vai procurar resolver conflitos “profundamente arreigados no desenvolvimento” do território, na mensagem para o Ano Novo Lunar, em que se perspetiva a dissipação “da névoa da pandemia”.“Foi um ano de desafios devido à volatilidade da pandemia e […]

Líder de Macau aponta para necessidade de resolver conflitos

Líder de Macau aponta para necessidade de resolver conflitos “profundamente arreigados”

Macau, China, 21 jan 2023 (Lusa) – O Chefe do Executivo de Macau disse hoje que o Governo vai procurar resolver conflitos “profundamente arreigados no desenvolvimento” do território, na mensagem para o Ano Novo Lunar, em que se perspetiva a dissipação “da névoa da pandemia”.“Foi um ano de desafios devido à volatilidade da pandemia e […]

Macau, China, 21 jan 2023 (Lusa) – O Chefe do Executivo de Macau disse hoje que o Governo vai procurar resolver conflitos “profundamente arreigados no desenvolvimento” do território, na mensagem para o Ano Novo Lunar, em que se perspetiva a dissipação “da névoa da pandemia”.

“Foi um ano de desafios devido à volatilidade da pandemia e ao abrandamento da economia”, começou por dizer Ho Iat Seng na mensagem para o ano do Coelho, que tem início este domingo, apontando o “forte apoio e afeto do Governo Central” na coordenação das “ações de prevenção e controlo da pandemia com as de recuperação económica”.

“Estão a surgir múltiplos fatores positivos que darão um forte impulso ao desenvolvimento de Macau, nomeadamente a concretização progressiva dos novos planos de investimento e desenvolvimento das empresas concessionárias de exploração de jogos e a implementação das várias políticas e medidas do Governo Central para apoiar o desenvolvimento de Macau”, disse o líder, referindo-se à nova fase do território após o alívio das restrições antipandémicas.

Macau, que à semelhança do interior da China seguiu a política de ‘zero covid’, cancelou em dezembro a maioria das medidas de prevenção e contenção, após quase três anos das rigorosas restrições.

Com os motores da economia local – turismo e jogo – completamente estagnados durante esse período, as operadoras de jogo do território acumularam prejuízos sem precedentes devido à queda do número de visitantes.

Ainda sobre o ano que passou, Ho sublinhou a conclusão da revisão da lei do jogo e a realizado do novo concurso público para a atribuição das concessões de jogo. No que diz respeito à construção da Zona de Cooperação Aprofundada entre Guangdong e Macau, em Hengqin (ilha da Montanha), esta “conheceu resultados nas suas várias fases”, disse.

No primeiro ano “da plena implementação do espírito do 20.º Congresso Nacional do Partido Comunista da China”, continuou o chefe do Executivo, a região administrativa “irá implementar aprofundadamente o espírito consagrado no relatório” do congresso e “nos importantes discursos e instruções do Presidente Xi Jinping”.

“Iremos persistir com confiança numa governação sólida e estável e empenhar-nos na recuperação económica”, disse Ho, sublinhando ainda que nos planos do Executivo está a resolução dos “conflitos e problemas profundamente arreigados no desenvolvimento económico e social” do território.

CAD // CAD

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS