Turquia/Sismo: ONU recebeu apenas 10% do dinheiro pedido para assistência

As Nações Unidas (ONU) receberam apenas cerca de 10% dos 1.000 milhões de dólares (947 milhões de euros) pedidos a doadores para ajuda humanitária de emergência às vítimas do terramoto que atingiu a Turquia no mês passado.

Turquia/Sismo: ONU recebeu apenas 10% do dinheiro pedido para assistência

Turquia/Sismo: ONU recebeu apenas 10% do dinheiro pedido para assistência

As Nações Unidas (ONU) receberam apenas cerca de 10% dos 1.000 milhões de dólares (947 milhões de euros) pedidos a doadores para ajuda humanitária de emergência às vítimas do terramoto que atingiu a Turquia no mês passado.

“Precisamos de fundos adicionais para poder cobrir as necessidades humanitárias”, disse hoje o coordenador humanitário das Nações Unidas na Turquia, Alvaro Rodríguez, numa videoconferência de imprensa.

Segundo Rodríguez, dos 1.000 milhões de dólares solicitados pela ONU para cobrir a ajuda às vítimas durante um período de três meses na Turquia, apenas cerca de 100 milhões foram obtidos até agora, sendo a Alemanha e os Estados Unidos os maiores contribuintes.

Entre as principais necessidades neste momento, Rodríguez apontou “abrigos” para acomodar a população afetada, alimentação – especialmente comida quente – e apoio médico e psicossocial.

“O país requer centenas de milhares de tendas e simplesmente não as tem nesta fase”, salientou.

“Acho que dado o nível de morte e devastação no terreno, onde algumas famílias perderam 15, 20 familiares, acho que o apoio psicossocial é tão importante quanto os abastecimentos e materiais humanitários. Muitas pessoas estão traumatizadas com o que aconteceu e precisarão de apoio por muito tempo. Algumas famílias foram completamente dizimadas, pais perderam todos os filhos… é realmente horrível”, relatou o coordenador humanitário.

Se não forem recebidos os fundos necessários, explicou Rodríguez, um dos principais problemas é que haverá um maior deslocamento da população das áreas afetadas para outras regiões onde possam encontrar algum tipo de apoio.

Os terramotos que devastaram a Turquia no início de fevereiro deixaram cerca de 50.000 mortos no país, cerca de 200.000 edifícios destruídos ou danificados e entre um milhão e dois milhões de pessoas deslocadas das suas casas, lembrou.

Os primeiros cálculos sugerem que serão necessários mais de 100 mil milhões de dólares (94,7 mil milhões de euros) para reconstruir as áreas afetadas da Turquia, de acordo com uma avaliação conjunta apresentada na segunda-feira pela ONU, o Banco Mundial, a União Europeia e o Governo turco.

Este valor não inclui o financiamento para a reconstrução de cidades no norte da Síria, país que também foi fortemente afetado pelo desastre natural e onde o fornecimento de ajuda humanitária é mais difícil por razões de segurança e logística.

MYMM // PDF

By Impala News / Lusa

Impala Instagram


RELACIONADOS