Passageira filmada em pleno voo comercial a amamentar o que parecia ser um bebé

Após um comportamento descrito por testemunhas como “estranho”, uma jovem passageira de um voo comercial foi filmada a amamentar o que à primeira vista parecia um bebé…

Passageira filmada em pleno voo comercial a amamentar o que parecia ser um bebé

Após um comportamento descrito por testemunhas como “estranho”, uma jovem passageira de um voo comercial foi filmada a amamentar o que à primeira vista parecia um bebé…

Uma jovem foi filmada depois de manifestar comportamentos estranhos durante um voo comercial. A passageira carregava nos braços o que aparentemente parecia um bebé, mas que, na verdade, não era… um bebé humano. Depois de alertada, a tripulação acabou descobriu que não era um ser humano, mas, antes, algo que os deixou completamente surpresos. A mulher estava a amamentar um gato.

Para ler depois
Lush Botanist, da pornografia à venda de flatulências
A atriz de filmes pornográficos Lush Botanist revelou que faz muito dinheiro à custa da venda de flatulências (… continue a ler aqui)

Jovem passageira estava afinal a amamentar um gato

A inusitada descoberta foi dada a conhecer através das redes sociais. Atualmente, através deste meio podemos conhecer histórias que transbordam de ternura e admiração, bem como situações bizarras que nos fazem questionar o quão complexos e incompreensíveis podemos ser enquanto sociedade. Quer sejam momentos que nos tiram o fôlego enquanto nos rimos ou nos deixam completamente maravilhados, trata-se de conteúdos que os utilizadores das redes sociais consomem maciçamente.

Tal como a história desta protagonista, cujas ações foram registadas em vídeo e rapidamente chamaram a atenção de milhões de internautas. No vídeo, uma mulher pode ser vista “amamentar” num voo comercial. No entanto, as suas ações não passaram despercebidas por um companheiro de voo que notou um comportamento um tanto estranho por parte da jovem.

O homem alegou que a jovem estava a amamentar um gato e perante a insistência, hospedeiro de bordo tentou persuadir a passageira. Insiste para que a mulher mostre o que carrega nos braços e o que inicialmente parecia um bebé veio a descobrir-se ser algo que ultrapassava os padrões normais. “Você não pode amamentar um um gato. Não importa se ele está num voo ou não.”

A estas palavras, a jovem responde “estou a segurar o meu bebé”, que estava coberto por uma manta e encostado ao peito. O oficial da companhia aérea pede-lhe que ela destape o bebé e, em segundos, instalou-se um reboliço no interior do avião. “É um animal do Serviço de Emergência de Apoio Emocional e é um lince, não é um gato”, defende-se a mulher…

 

Impala Instagram


RELACIONADOS